Iza dá exemplo de representatividade e reflete: ”A gente pode estar onde quiser”

Postado por admin em 13/jan/2020 - Sem Comentários



Instagram

Iza participou do quadro Arquivo Confidencial no Domingão do Faustãono domingo, 12, e desabafou sobre preconceito.

A cantora falou sobre as barreiras que precisou quebrar como mulher e negra, durante a carreira.

“Eu, hoje, considero que eu estou numa posição muito privilegiada. Eu lembro que eu ia pro meu trabalho e eu acho que aqui todas as mulheres passam por isso. Quantas vezes a gente não é cantada no caminho do trabalho e a gente tá nessa sempre, passando por coisas e por conta da minha profissão, hoje, a questão do assédio, do preconceito, do racismo fica velada, mas ela não some”.

“As pessoas têm aquele receio de se expressarem da forma que elas gostariam de se expressar, mas isso que aconteceu comigo não significa que o racismo acabou, por eu estar numa capa de revista, na TV, isso significa que estamos caminhando, mas que temos muita coisa pra fazer”, disse a gata

Iza também falou sobre representatividade. “Eu quando era criança queria muito me ver na TV e hoje eu vejo muito mais de mim nos lugares e isso é importante, assim, isso é a história da representatividade. A gente precisa se ver nos lugares pra saber que a gente pode estar onde quiser estar e isso tá mudando“, ressaltou.

No seu perfil no Instagram, a musa agradeceu a oportunidade de participar do programa da TV Globo“Ainda sem saber o que dizer depois desse Arquivo Confidencial. Tô aqui só transbordando amor, porque essa caminhada ao lado de tanta gente especial me faz muito feliz. Obrigada mais uma vez, Fausto! Foi lindo!!!!”.

Iza posta foto e agradece a Faustão pela participação no seu programa

Foto: Reprodução/TV Globo



© 2019 - Todos os Direitos Reservados - Rádio Liderança 95,1 FM